Colóquio Internacional 100 anos de publição d’as formas elementares da vida religiosa. São Luís, MA, Brazil

A importância da teoria sociológica de Émile Durkheim é reconhecida tanto por seus admiradores e seguidores, como por seus críticos. Não por acaso, todas as suas grandes obras foram objetos de discussões, seminários, conferências, redundando em compilações transformadas em livros, quando dos seus respectivos centenários de publicação. A realização do presente colóquio segue e continua estas iniciativas passadas já que, em 2012, completa cem anos da publicação d’As Formas Elementares da Vida Religiosa.

A publicação deste livro foi marcante no interior da sociologia durkheimiana e também no pensamento social moderno. No conjunto da obra de seu autor, muitos imputam às Formas Elementares um momento de ruptura, que indicaria uma mudança de rota à medida que o foco desloca-se da sociedade moderna para as primeiras formações humanas e elege-se a religião como primeiro e principal processo de socialização, como bem salienta Bernard Lacroix; neste caso, ele teria abandonado suas preocupações com a chamada questão social, tema tão candente no início da IIIª República francesa. Já Philippe Steiner defende que, apesar da importância que passa a ser dada ao fenômeno religioso, esta obra não deixa de ser importante para Durkheim refletir sobre os problemas da vida social moderna; as formas sociais mais antigas ajudariam a entender as recorrentes crises da sociedade moderna Por outro lado, no plano mais geral, As Formas Elementares da Vida Religiosa é vista como um marco das Ciências Sociais. Para Levi-Strauss, por exemplo, mesmo não tendo o autor feito trabalho de campo, a obra trouxe uma contribuição inestimável aos estudos antropológicos e etnológicos.

É esta complexidade que envolve e ressalta a importância d’As Formas Elementares da Vida Religiosa que, fazendo desta obra um clássico do pensamento social moderno, explica o que leva o Departamento de Sociologia e Antropologia e o Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, da Universidade Federal do Maranhão, não deixarem passar em branco os cem anos de sua publicação. Além da celebração, a realização de um colóquio desta natureza contribui para mostrar que o livro de Durkheim é ainda alicerce de autores e de teorias sociais contemporâneas e para elucidar seus atuais limites e alcances.

[col%C3%B3quio.jpg]
Colóquio Int. formas elementares — São Luís, MA, Brazil

Data: 11 a 13 de junho de 2012 Local: Auditório Central da UFMA

PROGRAMAÇÃO

Dia 11 de Junho

Conferência de Abertura: As Formas Elementares da vida Religiosa e as Ciências Sociais Contemporâneas.

Conferencista: Renato Ortiz (UNICAMP)
Horário: 18hs
Local: Auditório Central

Dia 12 de Junho

– Conferência: Gênese e atualidade da noção durkheimiana de « efervescência » no estudo dos fatos religiosos

Conferencista: Marion Aubrée (EHESS/CRBC – Paris)
Horário: 14hs
Local: Auditório Central

– Conferência: Economie et religion : deux faces de la cohésion sociale chez Durkheim

Conferencista: Philippe Steiner (Paris-Sorbonne)
Horário: 18hs
Local: Auditório Central

Dia 13 de Junho

– Conferência: A relação entre o sagrado e a moralidade laica na teoria durkheimiana

Conferencista: Raquel Weiss (UFRGS)
Horário: 14hs
Local: Auditório Central

– Conferência: A sociologia do conhecimento n’As Formas Elementares da Vida Religiosa

Conferencista: Louis Pinto (EHESS – Paris)
Horário: 18hs
Local: Auditório Central

Inscription
Renseignements complémentaires : ciformaselementares@yahoo.com.br
Source : http://ciformaselementares.blogspot.fr/2012/04/programacao.html


Laisser un commentaire

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée.